domingo, 5 de abril de 2009

Não sei o que escrever para além da ansiedade que sinto de ficar ou mesmo de partir.
Poderia repetir, mas não me apetece refletir.
Quanto mais penso, com mais perguntas fico.
Quando tudo isto desaparecer, volto a escrever.

4 comentários:

Joana Éme. disse...

as coisas andam complicadas, minha querida.

Beatriz Cró disse...

Aqui te espero, num abraço.

a disse...

Espero que esse estado de ansiedade não demore a passar.

Fica bem!

Angela Ferraz disse...

escreve antes de desaparecer, vais adorar descobrir cada fracasso no seu pormenor