segunda-feira, 15 de dezembro de 2008


Fugir para outro sítio é que me apetece fazer, não procuro a fuga, tão pouco me esconder dos meus sentimentos incompreensíveis. Não é isso. Apenas sei que este não é o meu lugar, esta gente eu desconheço, não são estas ruas que quero percorrer, estas imagens que quero apreciar. Espero impacientemente que caia esta tela mal preenchida e veja o cenário tão desejado, o real, onde quero viver. E este, ao contrário de tantos outros, não é idealizado, existe mesmo, porém a quilómetros de distância.
Aqui a luz não chega com tanto encanto, não aquece o peito, nem aconchega a alma, é gelada e inanimada, entristece a cidade e rouba a cor por onde passa, preenchendo tudo com tons claros e frios, quando num outro lugar, esta mesma luz pinta tudo de tons quentes, dando a quem a vê essa sensação de conforto e de alento que aqui falta.


Love Dont Live Here Anymore - City And Colour

5 comentários:

inês disse...

gostei muito do post, e da maneira como escreves (:

desculpa a invasão (...)

kris disse...

a luz está em nós..achas que nesse outro lugar estarias melhor?não faças como eu...goza aquilo que realmente tens no momento...também eu já acreditei nisso...

"só quero estar onde não estou"

beijo*

g disse...

Tonalidades que se adaptam conforme nos sentimos.
Gostei das letras que pintas!

Mégui disse...

Eu bem fugia para outro sitio qualquer.

corn glass disse...

Amo-te