domingo, 27 de abril de 2008


Vem para o meu lado, senta-te mesmo aqui, vamos falar durante horas, vamos contar as nossas travessuras de crianças e as nossas histórias enquanto amantes.
Queres-te perder no tempo comigo? Contar as estrelas no céu até adormecermos, comer doces e guloseimas até nos doer a barriga, brincar as escondidinhas no jardim da avó?
Se vieres seremos só nós, viajaremos num tempo já passado, recordaremos aquilo que nos fez mais feliz e esqueceremos toda a mágoa de recordações de contos incompletos.
Por favor vem, prometo que serei eu a contar, até te posso deixar ganhar no dominó, mas vem e faz-me recordar todos aqueles momentos que perdi.

Sem comentários: