sexta-feira, 16 de novembro de 2007




Estar longe de ti, é mais penoso do que alguma vez possas imaginar, é sentir que me falta algo, como eu estivesse incompleta.
Posso considerar que és uma peça essencial no meu puzzle, tão essencial, que sem ela a imagem se torna distorcida e sem nexo.
Uma imagem que para a qual ainda não existe traços perfeitos, nem segmentos traçados, vou construindo aos poucos a minha imagem, vou juntando todas as peças do meu puzzle até que um dia esteja, finalmente, completo.
Sei que não é fácil ter que estar sempre cautelosa e ver bem onde encaixar as ditas peças, mas se não fosse assim não teria piada e facilmente este puzzle deixaria de ter a mesma graça.

Foto:http://www.olhares.com/pedroxm

1 comentário:

Phoenix disse...

É aconchegante saber que essa peça essencial do nosso puzzle já foi descoberta, sempre é menos uma que temos que procurar no baú da vida.

Abraço