quinta-feira, 17 de setembro de 2009


Talvez os olhos não sejam o único espelho da alma e sejam nestes textos que encontres o que em mim não consegues.


Pintura: "Viajante junto ao mar de neblina" de Caspar David Friedrich

4 comentários:

Beatriz Cró disse...

É melhor levar um chá; a pesera vai ser longa.

Anónimo disse...

Humm
Deixas-me sempre na duvida :S

Pano pRa Mangas disse...

Por vezes nem nós mesmos nos reconhecemos no espelho.

Phoenix disse...

"Pois que o amor e a afeição com facilidade cegam os olhos do entendimento."

Miguel de Cervantes, in Dom Quixote