segunda-feira, 31 de agosto de 2009

És um ser naufragado, um encontro perdido entre o tempo irreal sem conjugação racional e o futuro já passado. O presente sem significado com destino de gosto mais do que conhecido.

2 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

A inconstancia!

um bjo

O Faroleiro disse...

Apesar de tudo, eis aqui as palavras que nunca me disseram...