segunda-feira, 25 de maio de 2009

Esta é uma nova página e caneta não pode falhar, não pode falhar
O sorriso já é outro, não há espera e o tempo não pára de passar, tudo em branco deixa ainda muito por preencher, mas não há como viver, viver assim.
Que tudo se perca, que eu me esqueça de onde parti, mas não podem negar, não há nada como saber que regressar já não será motivo de recear.

1 comentário:

Beijos de Rosas disse...

Podes ter a certeza de que a caneta não vai falhar...nem o sorriso te vai faltar...porque a vida é muito curta... para quem espera em cada amanhecer a brisa que toca ligeira e nos dá motivos para viver...viver...viver!!

Vive e sê feliz!!!