quinta-feira, 12 de março de 2009

Mais um texto alegre


Não é por não ter ninguém por perto que me amedronto, mas sim, pelo Silêncio. Esse vazio que se instala à minha volta, que acaba por se entranhar na minha pele como se fosse vivo.
É na ausência dos outros que me encontro, que me oiço. E nada consegue ser mais doloroso que a incapacidade de calar essa voz impertinente capaz de repetir vezes sem conta nomes que quero esquecer, momentos que censurei, desejos que não concretizei.
E não dói por estar só, porque até gosto da solidão, mas por ter que me encarar e não poder simplesmente me esconder por de trás do sorriso que tão bem fica durante todo o dia.

Foto:www.olhares.com/Renfro

12 comentários:

Anónimo disse...

Mais um texto cheio de vida!

As tuas palavras, a tua escrita, a tua sensibilidade... têm o dom de me fazer viver aquilo que tu escreves.

Estou no sítio do costume :)

Beatriz Cró disse...

Gostava de ver esse teu sorriso.

Beatriz Cró disse...

o da fotografia é bem bonito.

Joana Éme. disse...

Não é por não ter ninguém por perto que me amedronto, mas sim, pelo Silêncio.

escreves poesia em prosa, porque é demasiado profundo para ser apenas "mais um texto".

ash. disse...

Sabes, tinha saudades de aqui vir e ler teus textos... Sentir o que queres dizer, perceber o que queres dizer. Fazia-me falta.


"...mas por ter que me encarar..." é forte, muito forte.
Á coisas que não podemos esconder por trás dum sorriso, ou pelo menos se o fizermos não dura muito tempo.

Abraço.

C. disse...

gostei imenso do que escreveste.
está forte, e cheio de sentimento.
não escondas o que realmente sentes, vai em frente, luta. nao desistas, encara a vida com um sorriso na cara.

Maria Miguel disse...

o silêncio às vezes é bom, acredita. pode trazer-nos sinceridade e factos que podem magoar, mas isso faz-nos bem! *

Davi(d) disse...

O Silêncio pode trazer vantagens ou desvantagens. É preciso equilibrio :)
Gostei mesmo do blog, vou passar mais vezes por esta 'caixa de Pandora'.
beijinho :*

ash. disse...

Acredito que o que te disse é sentido. E é muita pouca gente que me chama á atenção com o que escreve.

Eu também sempre fui assim. Escondia tudo atrás dum sorriso mascarado de dor. Sempre. E agora, continuo a fazê-lo mas existe vezes que não consigo mais.

ash. disse...

Serei a única a lê-lo? |:
De verdade? $:

Não agradeças, continua (...)

g disse...

Por vezes o silêncio dói e muito!

Bjs

Sophie disse...

Gosto de conhecer sentimentos diários.