terça-feira, 2 de outubro de 2007

Sentimento partilhado.


No silêncio, proclamo o teu nome uma vez e outra e em seguida outra vez.
Digo, repito, volto a dizer aquilo que me une a ti, repito por inúmeras vezes o nome do sentimento que partilho contigo.
Respiro suavemente, reflicto sobre tudo o que passo e quero passar do teu lado e chego a uma conclusão, que sem ti nenhum segundo da minha vida teria sentido.
Desta vez, com mais intensidade, bramo em bom som o que me faz sentir mais feliz, o que me faz rir e viver. Depois de ouvir o eco de cada palavra mencionada, respiro suavemente, novamente, deito a minha cabeça no teu tronco, olho para os teus olhos repito cada palavra, tornando me assim repetitiva e apaixonada.
Dás-me um ligeiro e doce beijo no rosto e adormeço assim.

4 comentários:

sérgio disse...

Maravilhoso..Lindo.....5*****
Tens de editar um livro!!
bju gande

Anónimo disse...

Ta perfeito mais uma vez, parabens ba...


Ricardo Costa

Pandora disse...

Obrigada. :)

Anónimo disse...

lindo...

é um prazer ler aquilo que escreves.

Continua,

Beijinho da tua mãe